terça-feira, 21 de outubro de 2014

Diário de Viagem - Croácia: Dia 2

*lembro-vos que isto foi escrito de memória e que acrescentarei fotos mais tarde, depois faço um post a avisar para quem estiver interessado :)*

* Dia 2 *

Acordei e saltei da cama, mais que ansiosa para sair daquele lugar. Percebi que já estávamos atrasadas e acordei-as, repetindo que elas tinham de se despachar, antes que ficassem à nossa espera. Para a *N*, a mesma coisa que dizer que tínhamos o dia todo e que ela podia levar o tempo que quisesse. Fomos tomar o pequeno-almoço com o resto do pessoal e disseram-nos que só iriamos fazer-nos à estrada depois do almoço, para fazermos o resto da viagem durante a tarde e a noite. Decidimos visitar um jardim perto do motel e passámos lá o resto da manhã. Era lindo, tinha um grande lago, muito agradável.

Depois de almoçarmos, enfiámo-nos no autocarro a caminho e Itália. Finalmente, pude apreciar uma vista realmente bonita e um pouco mais variada do que a de Portugal e Espanha. Aquelas horas de deserto pareceram-me dias e a certa altura começaram mesmo a incomodar-me, por isso era bom ver algumas árvores e água em todo o lado.

Continuei a minha tentativa dissimulada de me integrar no grupo e não vi grandes mudanças em relação aos rapazes. Comecei a ficar realmente preocupada, uma vez que para mim, era importantíssimo dar-me bem com o *D*, uma vez que era um dos meus futuros colegas de turma deste ano e eu queria ter alguém com quem pudesse falar, numa turma nova. Continuei a agir normalmente, sem forçar nada.

Visitar Itália era uma coisa que eu desejava imenso, há muito tempo, por isso estava entusiasmadíssima. Antes de ir, avisaram-me que ia ter uma desilusão, porque não ia ver nada, uma vez que não íamos parar em nenhum sítio especial. Eu sabia disso, mas não consegui deixar o entusiasmo esmorecer. Não vi nada de muito especial, mas fiquei extremamente contente, de qualquer forma, só de saber que estava em terreno Italiano. Penso que era mais o entusiasmo de estar num sítio completamente desconhecido e que me parecia tão inalcançável há alguns meses. Passámos a maior parte da Itália durante a noite, o que minimizou ainda mais a quantidade de coisas que vi lá. Dormi quase a noite inteira, porque apesar de não serem as coisas mais confortáveis e de toda a gente de queixar deles, os bancos do autocarro não eram assim tão maus.


*quem quiser ler (ou reler)Dia 1*

1 comentário:

diz-me o que sentes ♥