quarta-feira, 12 de junho de 2013

Por que é que tornas as coisas dificeis?


Quanto mais quero afastar-me de ti, mais vezes decides fazer-me lembrar de tudo. Por que é que não me deixas seguir em frente? Seria muito mais fácil para ambos, mas não. Tu queres ir pelo caminho mais díficil, o caminho em que me fazes sofrer até não me restar nenhuma lágrima para chorar.