sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

O que devo fazer? Seguir em frente? Desta vez não consigo. Talvez por tudo ter ficado mal esclarecido. Ou talvez por te amar demais.

Foi estranho voltar a ver-te depois do que aconteceu ontem. A cada segundo que passa, a certeza de que nunca me senti assim e que te amo aumenta, mesmo que seja em vão. Mesmo que voltássemos a falar, nunca irias olhar para mim. Eu nunca serei o teu "final feliz".

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

I'm in love


eu não tinha certezas sobre o que sentia por ti até hoje. continuamos sem falar, não falamos à exatamente 7 meses e 2 dias mas... olhaste para mim. não foi a primeira vez nestes 7 meses mas desta vez foi diferente. quando olhaste para mim só me apeteceu abraçar-te para nunca mais te largar. quando os teus olhos encontraram os meus foi como se o meu mundo tivesse desabado de uma vez. Estavas com um olhar tão magoado e fizeste-me lembrar mais uma vez (como se eu não me lembra-se disso a cada segundo que passa) que eu estraguei tudo. apesar de tudo, hoje tenho a certeza: eu nunca senti nada assim por ninguém e acho que é a primeira vez que me sinto segura para dizer: eu amo-te.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Só queria perdir desculpa às poucas pessoas que costumam seguir os meus posts, eu ainda não sou uma boa escritora, tenho dificuldade em expressar-me por vezes, mas eu sei que vou conseguir. Ser blogger é um estilo de vida e só agora é que eu começo a perceber isso. Vejo textos tão lindos e percebo que vêm mesmo do fundo do coração e penso: "Um dia quero escrever assim". Obrigado às pessoas que me têm apoiado, vocês sabem quem são (:
Alguma vez se sentiram desesperadamente confusas(os)? Já não sei o que pensar... é possível gostarmos muito de uma pessoa mesmo que ela te magooe uma e outra vez? 

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Girls Aren't Toys

fiquei completamente chocada, hoje. por acidente ouvi uma conversa numa aula e percebi que a situação é muito pior do que eu pensava. os rapazes tomam-nos por brinquedos descartaveis que podem 'deitar fora' quando já não querem brincar. nas palavras da pessoa que me desilude cada vez mais: 'muitos rapazes preferem raparigas mais novas que eles porque são mais fáceis: tu chegas ao pé delas dizes 3 palavras e elas caiem logo'. Isto magoou. Magoou muito. Se algum rapaz estiver a ler isto, dou-vos um conselho: se pensam da mesma forma que o meu "amigo", estão muito enganados e vão sofrer por causa disso... Pensem antes de dizerem ou fazerem alguma coisa...

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

É incrível a minha capacidade de estragar a maior parte das coisas boas que me acontecem... Tu apareceste na minha vida e fizeste de bóia de salvação mas eu... Eu VOLTEI a estragar tudo. sempre fui muito timida, mas tu mudavas-me completamente. ficava tão parva ao pé de ti, não falava, literalmente, tinha demasiado medo... mas tu puxavas por mim, incentivavas-me a falar mesmo que não me conhecesses de lado nenhum. um dia esse meu medo estragou tudo, não tive coragem para te falar, fui tão estúpida e agora perdi-te. talvez nunca volte a conseguir falar contigo. estou a ser uma cobarde, eu sei. eu não te mereço. és uma das melhores pessoas que eu já conheci e eu fiz o que fiz. odeio-me todos os dias por isso, tento seguir em frente, mas não dá, não dá mesmo.

domingo, 13 de janeiro de 2013

tu gostas de me ver confusa. ate de me ver a sofrer. dantes não tinha bem a certeza, mas já me deste provas suficientes. não sei se te lembras, mas eu lembro-me. lembro-me de tudo o que me fizeste passar. agora chamasme "raquelinha" cada vez que falas comigo, mas durante 5 anos, 5 anos em que me preocupei contigo nem sequer me dirigias a palavra. agora, chateias-me o dia inteiro se estiver com uma cara mais triste do que o normal mas naquela altura, eu podia estar a chorar desalmadamente, sem ninguém para me apoiar que tu nem reparavas. afinal o que é que tu queres? o que tu queres é fazer com que eu volte a apaixonar-me por ti como dantes, mas podes esperar sentado porque isso não vai acontecer...